6 maneiras que a tecnologia da inteligência artificial (IA) está impactando a logística e a gestão da cadeia de suprimentos

A Inteligência Artificial já está melhorando nossas vidas como consumidores, agora ela está ganhando impulso na gestão da cadeia de suprimentos e na logística, e os gestores devem prestar muita atenção à medida que mais soluções aprimoradas com IA estão surgindo no mercado de automatização de processos.

A Inteligência Artificial na Gestão da Cadeia de Abastecimento e Logística:

Na última década, a Inteligência Artificial (IA) saiu dos laboratórios de alta tecnologia para se tornar algo que as pessoas usam todos os dias sem sequer perceber. Além de potencializar inúmeros aplicativos e outros produtos digitais, a inteligência artificial beneficia todos os setores, incluindo a cadeia de suprimentos e a logística. Na verdade, muitas empresas já se beneficiaram de investimentos em IA.

Com os volumes de dados em cadeias de suprimentos e logística crescendo a cada dia, a necessidade de soluções de processamento mais sofisticadas está se tornando mais urgente.

É por isso que muitas empresas estão adotando técnicas de computação de IA como aprendizado de máquina, aprendizado profundo e processamento de linguagem natural.

Essas técnicas facilitam a análise de grandes volumes de dados de forma eficiente para fornecer uma análise sofisticada, podendo acionar uma função ou um evento baseado nos resultados da análise, entregar informações solicitadas e executar muitas outras funções complexas.

Tendências ao uso de IA na Cadeia de Suprimentos e Logística:

Uma quantidade crescente de dados não é a única tendência que contribui para o desenvolvimento da tecnologia de IA na cadeia de suprimentos. De fato, há uma ampla gama de outros fatores importantes que impulsionam esta tendência, incluindo a velocidade do processamento, avanços nos algorítmicos e aumento do acesso do sistema de IA ao big data.

Potência e Velocidade de Computação:

O rápido desenvolvimento de computadores permite que as empresas incorporem a IA em suas operações, pois esta última exigiu avanços significativos no poder de processamento e na eficiência dos equipamentos. Por exemplo, um desses avanços foi o desenvolvimento de GPUs (unidades de processamento gráfico), que expandiram as funções típicas das CPUs.

Big Data

Cadeia de suprimentos e empresas de logística produzem e podem usar, um monte de dados (big data), e IA requer volumes significativos de dados para uma melhor performance. Nos últimos anos, alguns novos tipos de dados surgiram, além de um ritmo cada vez maior de criação de dados, eles finalmente fornecem à IA dados suficiente para trabalhar em seu potencial máximo.

Avanços algorítmicos:

Também melhoraram nos últimos anos, permitindo a detecção de padrões e a descoberta de correlações difíceis ou impossíveis de encontrar apenas pelos seres humanos ou pela tecnologia convencional. Por exemplo, os algoritmos inteligentes podem oferecer informações valiosas, como o número de caminhões disponíveis para entrega antecipada, para que os clientes possam conhecer o preço e os prazos aproximados para entregas futuras.

Juntos, esses fatores estão impulsionando o progresso da IA e tornando-a uma tecnologia cada vez mais viável em muitos campos. Mas como exatamente a tecnologia pode transformar a cadeia de suprimentos e a gestão logística?

6 maneiras pelas quais a IA pode revolucionar a gestão da cadeia de suprimentos e logística:

1. A IA permite uma maior inteligência contextual

A IA permite uma maior inteligência contextual que fornece o conhecimento necessário para reduzir os custos operacionais e de inventário, e responder aos clientes mais rapidamente. A adoção da autoaprendizagem e de outras tecnologias de IA fornece novos modelos sobre uma ampla gama de aspectos, incluindo logística e gestão de armazéns, colaboração e gestão da cadeia de suprimentos.

De acordo com a Inteligência Artificial em Logística, um relatório da DHL e da IBM delineou uma série de tecnologias capazes de fazer isso. Algumas delas incluem:

Seleção Robótica Inteligente – uma classificação eficaz e de alta velocidade de cartas, pacotes e remessas paletizadas.

Inspeção visual com alimentação IA – permitirá tirar fotos da carga usando câmeras especiais permite identificar danos e identificar uma ação corretiva apropriada entes do embarque.

2. A IA fornece modelos sobre a melhoria da produtividade da gestão da cadeia de fornecimento:

A IA pode fornecer uma análise inigualável do desempenho do gerenciamento da cadeia de suprimentos, que por sua vez ajuda a determinar novos fatores que afetam esse desempenho.

De acordo com o relatório acima mencionado pela DHL e IBM, IA combina capacidades poderosas de três tecnologias sofisticadas – aprendizagem supervisionada, aprendizagem não supervisionada e aprendizagem de reforço – para identificar fatores importantes e questões que afetam o desempenho da cadeia de abastecimento.

Por exemplo, a aprendizagem supervisionada e pode detectar fraudes de identidade e fazer previsões informadas, enquanto a aprendizagem reforçada pode facilitar decisões em tempo real, fornecendo dados relevantes.

Watson da IBM é um exemplo de IA sendo usado para impulsionar modelos de produtividade na gestão da cadeia de abastecimento.

3. IA é capaz de analisar enormes volumes de dados, aumentando assim a precisão da previsão de demanda:

Qualquer profissional da logística ou da cadeia de suprimentos lhe dirá que é um trabalho desafiador, cheio de incertezas, com tudo em movimento. Antes da IA, as tecnologias anteriores não podiam oferecer valor porque não levavam em conta essa grande variabilidade.

Agora, a IA permite o rastreamento e a medição de todos os fatores necessários para melhorar a precisão da previsão de demanda. Na verdade, ele fornece um loop infinito de previsão, ajustando continuamente a previsão com base em vendas em tempo real, clima e outros fatores.

Ter toda essa informação poderia facilmente remodelar o gerenciamento do armazém, com empilhadeiras auto dirigidas, classificação automatizada e sistemas de inventário auto gerenciados por drones e veículos terrestres autônomos. A Amazon já implantou este modelo em seus centros de distribuição.

4. IA pode melhorar a seleção de fornecedores e aumentar a eficácia da gestão de relacionamento com fornecedores

“Os riscos relacionados com os fornecedores são uma consideração importante para os profissionais de logística” Apenas um erro por parte de um fornecedor, e a reputação de uma empresa pode ser significativamente prejudicada”.

A IA pode analisar dados relacionados ao fornecedor, tais como desempenho de entrega dentro do prazo, auditorias, avaliações e pontuação de crédito e fornecer informações para uso em decisões futuras sobre determinados fornecedores. Como resultado, uma empresa pode tomar melhores decisões de fornecedores e melhorar seu atendimento ao cliente.

5. Experiência de Cliente IA

IA altera as relações entre os fornecedores de logística e os clientes, personalizando-as. Um grande exemplo de uma experiência personalizada do cliente é a cooperação da DHL Parcel com a Amazon. A empresa de entregas ofereceu um serviço baseado em voz para rastrear pacotes e obter informações sobre a remessa usando a solução speaker inteligente Echo Amazon.

Um cliente pode consultar o Alexa para descobrir o paradeiro atual de sua remessa perguntando “Alexa, onde está minha encomenda?” ou “Pergunte à DHL onde está minha encomenda a reposta viria posicionando o cliente quanto ao status de sua encomenda.

6. IA Melhora o Planejamento de Produção e Programação de Fábrica:

Antes da tecnologia, como o aprendizado de máquina, as empresas não tinham ferramentas sofisticadas para melhorar o planejamento de produção e a precisão da programação de fábrica. Com a chegada da IA, elas agora podem fazer isso porque a tecnologia lhes permite analisar um histórico e fazer simulações quanto as variáveis que poderão ocorrer, criando um banco com a possibilidade de prever e adequar a produção para possíveis rupturas.

Isso funciona especialmente bem para produção make to order sob encomenda porque a IA os ajuda a prever as restrições automaticamente. Por exemplo, usando a tecnologia IA, as empresas podem reduzir a previsão da cadeia de suprimentos para peças utilizadas nos produtos mais populares ou altamente personalizados, usando IA para prever a demanda e otimizar o fluxo dessas peças críticas para manter a produção continua sem paradas.

Prepare-se para o futuro da IA

A tecnologia já desempenha um papel significativo em algumas das soluções avançadas de logística e cadeia de suprimentos atuais, aumentando a eficácia, a eficiência e automatizando muitas tarefas para gerentes e planejadores da cadeia de suprimentos, além de fornecer visibilidade entre parceiros comerciais por meio de compartilhamento assistido por IA.

Com os recentes avanços tecnológicos em big data, desenvolvimentos de algoritmos e poder de processamento cada vez maior, é provável que vejamos uma explosão da tecnologia IA impulsionando soluções mais sofisticadas na cadeia de suprimentos para acelerar e melhorar a entrega de produtos e de serviços aos clientes.

As empresas que confiam em métodos manuais e soluções de software simples não serão capazes de acompanhar o ritmo dos seus concorrentes mais sofisticados. A IA pode muito bem ser um fator decisivo em muitas indústrias, determinando a superioridade da cadeia de suprimentos, impulsionando a excelência no atendimento ao cliente e melhorando continuamente a eficiência operacional.

Os gerentes de logística e da cadeia de suprimentos devem prestar muita atenção à medida que mais soluções aprimoradas com IA e se mostrarem eficazes.

A Improtec Sistemas desenvolve solução para automação de processos logísticos aplicando metodologias de IA.