Temos soluções para automação nas áreas:



MONTADORAS: AUTOMOTIVA E MOTOCICLETAS


INDÚSTRIA QUÍMICA E FARMACÊUTICA


INDÚSTRIA DE PETRÓLEO E GÁS


TRANSPORTES E LOGÍSTICA


VAREJO E DISTRIBUIÇÃO


EMBARCADORES E OPERADORES LOGÍSTICOS

sistema wms controle de estoque

WMS Stock Locator

É uma ferramenta para automação de operações logísticas. Atendendo a todos os seguimentos independentemente de seu tamanho e complexidade.

sistema para operador logistico

Pack Locator

O Software para Automatização de Terminais de Carga Pack Locator atende a transportadoras, embarcadores e operadores logísticos.

sistema entregas e coletas

Pack Outdoor

Sistema Mobile que permite o gerenciamento on line de entregas e coletas de volumes por leitura do código de barras.

Software imprimir etiquetas

Print Label

Software de Impressão de Etiquetas para Código de Barras e dados variáveis.

Conheça alguns projetos recentes

Veja as telas do nosso sistema ou se preferir acesse a Apresentação detalhada de cada solução.

ONDE E COMO PODE SE UTILIZAR O SISTEMA WMS?

WMS é a sigla em inglês para Warehouse Management System, ou “Sistema de Gerenciamento de Armazém”, em português.

O Sistema WMS otimiza os processos de movimentação de materiais em um armazém.

WMS tem a função de controlar estoques e permite que um armazém seja automatizado, podendo ser usado em qualquer tipo de operação, industrial, varejo e distribuição.

O WMS é uma sistema que se integra a qualquer ERP do mercado.

WMS operacional significa que a empresa depende menos da experiência das pessoas, uma vez que o sistema tem inteligência para operar o sistema.

WMS é uma parte muito importante da cadeia logística, controlando o giro de estoques criando atividades inteligentes de picking, consolidação automática de pedidos e cross-docking para maximizar o uso do espaço nos armazéns.

DETALHES DO SISTEMA
16 de julho de 2019

5 Passos para automatizar sua transportadora

Índice do Conteúdo1° – Encontre o melhor parceiro de software2° – Melhore os seus processos internos3° – Crie uma lógica de identificação dos volumes4° – Crie […]
1 de julho de 2019

RFID aplicado na automação de processos logísticos

Fazer com que uma operação logística seja algo mais rentável, ágil e eficiente com certeza é um dos principais objetivos dos gestores e dos empreendedores responsáveis […]
26 de março de 2019

6 maneiras que a tecnologia da inteligência artificial (IA) está impactando a logística e a gestão da cadeia de suprimentos

A Inteligência Artificial já está melhorando nossas vidas como consumidores, agora ela está ganhando impulso na gestão da cadeia de suprimentos e na logística, e os […]
12 de fevereiro de 2019

Armazém geral o que é? Como funciona?

Com o objetivo de manter resguardada a mercadoria de terceiros, o armazém geral possui natureza privada. Saiba como funcionam esse tipo de empresa e conheça suas […]
10 de dezembro de 2018

O que é Logística 4.0

Apesar de inovadora, a Logística 4.0 ainda é pouco conhecida. Mas para que possamos entender melhor no que consiste a logística, é necessário compreender o funcionamento […]
22 de outubro de 2018

TMS o que é? Como funciona? – Sistema de Gerenciamento de Transporte

Você sabe o que é Transportation Management System (TMS)? Hoje ela é o principal mecanismo para acelerar a logística de uma empresa, o sistema é responsável […]
10 de outubro de 2018

Sistema de Controle de Estoque: O QUE É?

O sucesso depende do que você tem disponível para vender, não há como vender uma calculadora para uma criança que nem sabe falar ou uma chupeta […]
17 de setembro de 2018

3 Ferramentas para automatização de transportadoras de carga fracionada

As transportadoras que trabalham com cargas fracionadas têm a sua disposição ferramentas de automatização que permitem ter os seus processos automatizados com resultados e ganhos expressivos […]
10 de setembro de 2018

5 Vantagens para automação em transportadoras de cargas fracionadas.

O transporte de cargas vem passando por momentos de transformação com os adventos econômicos em que o país esta vivenciando, particularmente o transporte de cargas fracionadas […]

Como Escolher um Sistema WMS

 

Um sistema WMS é uma ferramenta que serve para auxiliar os processos de automatização em operações logísticas. O significado da sigla WMS quer dizer Sistema de Gerenciamento de Armazéns, ou em sua versão original, do inglês, Warehouse Management System.

Em linhas gerais, o Sistema WMS serve para se realizar a automatização de processos de movimentação de materiais como recebimento de armazenagem e separação de pedidos em armazéns ou centros de distribuição. O seu funcionamento ocorre por meio de três (3) matrizes, sendo que a 1ª se caracteriza pela identificação dos materiais; a 2ª é caracterizada pela determinação de estratégias de movimentação e armazenagem dos materiais; e a 3ª é caracterizada em relação as regras para a separação dos materiais em conjunto ao plano de negócios da empresa. Uma solução WMS oferece funções básicas como: 1ª Recebimento de materiais; 2ª Armazenagem; 3ª Separação; 4ª Expedição e 5ª Inventário.

Há enumeras vantagens em se adotar uma solução WMS na nuvem, como por exemplo: redução do tempo de atendimento aos pedidos; rastreabilidade de todas as operações in house; redução da carga de trabalho operacional; otimização de espaços e mão de obra operacional; melhor acuracidade de estoque; visibilidade na gestão de estoques com melhoria e agilidade da informação; padronizações de todas as operações. E para que um Sistema WMS não se torne desvantajoso, é necessário que haja a integração com o sistema de ERP sem incorrer em custos excessivos. O WMS também precisa ser capaz de integrar-se com seus outros equipamentos de manuseio de materiais para melhorar a eficiência do armazém.

É de grande relevância salientar que todas e quaisquer empresas que tenham no seu plano de negócio o objetivo de maximizar lucros, melhorar e otimizar as suas atividades em seus depósitos ou centros de distribuição devem implementar um Sistema WMS. Também é importante salientar que o retorno do investimento nesta ferramenta se dá em torno de 12 meses a partir de sua instalação.

Antes de selecionar o sistema de gerenciamento de armazém (WMS), é importante saber o que impulsiona sua empresa para que você possa identificar as principais necessidades que deseja que a solução atenda. Pensando nestes fatores o Chief Development Officer (CDO), da Improtec Sistemas, Ivair Franco, oferece os melhores conselhos para você saber escolher um Sistema WMS correto. Confira abaixo:

1. Avalie as necessidades de sua empresa:

Conheça o problema que você está tentando solucionar, levante também as necessidades e determine os requisitos que a ferramenta deverá atender. Identificar os principais requisitos empresariais da sua empresa desempenha um papel importante na seleção do WMS.

2. Monte uma equipe multifuncional:

Utilizar um Sistema WMS é uma decisão que deve envolver seus negócios e equipes de TI. Durante a implementação, o operacional e a equipe de TI da sua empresa devem trabalhar em conjunto para assegurar o sucesso da implementação.

3. Crie um sistema escalonável:

Certifique-se de que o sistema pode abordar todos os requisitos do início até o final de cada processo, assegurando total controle das operações desde o recebimento até o seu embarque.

4. Assegurar capacidades de interface:

Seu WMS deve ter uma arquitetura amigável e ser capaz de interagir com seu sistema de ERP sem incorrer em custos excessivos. O WMS também deve ser capaz de se integrar com seus outros equipamentos de manuseio de materiais para melhorar a eficiência do armazém.

5. Minimize os custos de modificação:

Selecione um sistema configurável para suportar diferentes processos de negócios. Ao longo do tempo, os requisitos de negócios mudam e o sistema deve ser capaz de ser flexível a suas necessidades de mudança. Certifique-se de que o WMS Stock Locato que você escolheu é adaptável. Configuração, não modificação, é a chave para o sucesso.

6. Tornar os dados acessíveis:

Procure um WMS Stock Locato que permita uma fácil recuperação de dados. A capacidade de fornecer relatórios flexíveis e consultas on-line (BI-business intelligence) é fundamental.

7. Insista em um sistema fácil de usar:

Se o sistema não for fácil de usar, a equipe operacional provavelmente não poderá maximizar seus benefícios completamente. Certifique-se de selecionar um sistema que seja fácil de aprender e usar amigável aos olhos do operador.

8. Examine as opções de implementação ou implantação:

Determine se a sua solução deve estar no local ou em uma hospedagem em nuvem ou Software-as-a Service (SaaS).

9. Atendimento pós implementação:

O suporte é fundamental. É importante selecionar um fornecedor de WMS que ofereça um centro de atendimento ao cliente e recursos suficientes para fornecer suporte contínuo, e que tenha profissionais capacitados para um atendimento com qualidade e agilidade.

10. Selecione um provedor WMS que compartilhe foco semelhante:

Escolha um fornecedor que tenha uma visão e valores semelhantes à sua empresa. As implementações do WMS funcionam de forma mais suave quando você e seu provedor WMS funcionam na mesma sintonia. Se você e seu provedor não tiverem a mesma visão, valores e ética de trabalho, o projeto provavelmente falhará. Você estará em conjunto com o fornecedor por um longo prazo. A Improtec Sistemas tem a solução Stock Locator, que lhe permitirá ter uma ferramenta eficiente e com ótimo custo-benefício com equipe capacitada para lhe dar o melhor resultado.