3 Ferramentas para automatização de transportadoras de carga fracionada

As transportadoras que trabalham com cargas fracionadas têm a sua disposição ferramentas de automatização que permitem ter os seus processos automatizados com resultados e ganhos expressivos que trazem retornos financeiros e operacionais em curtíssimo prazo.

Listamos abaixo 3 ferramentas que possibilitam alcançar e excelência operacional.

TMS

O TMS ( sistema de gerenciamento de transportes) é um aplicativo “Roster baseado na Web” que automatiza o processo de transportadoras. Esta solução fornece um sistema amigável com Interface Gráfica do Usuário para operações on-line e autenticação baseado na web de funcionários e informações em vários níveis permitindo o acesso simultâneo de clientes e funcionários a mesma base. O aplicativo e integrado a um servidor externo permitindo que seja adquirido no modelo comercial

SAAS

Sistema Pack Locator (Sistema de automação de terminais de carga com coletores de dados)
Solução de automação de baixo custo que utiliza coletores de dados integrados com sistema TMS, permitindo automatizar todos os processos de movimentação de volumes nos terminais de cargas de transportadoras de fracionados.
A solução foi desenvolvida para fácil operacionalidade permitindo que seja implementada em curtíssimo, tendo o retorno do investimento em no máximo 6 meses.
Conforme há a intensificação da utilização da ferramenta se comprava a redução de erros operacionais a eliminação de retrabalhos e redução de mão de obra operacional, permitindo ao transportador investir em suas operações com um melhor resultado financeiro.

Sorter (classificador)

Classificadores de alta precisão e velocidade para uma ampla gama de produtos.
Os Classificadores ou Sorters Circulares podem ser projetados para classificar até mais de 20.000 itens por hora, e pode efetuar a classificação precisa de uma ampla variedade de rodutos e caixas, desde grandes até pequenos volumes, para centenas de saídas diferentes.
Os Sorters Circulares são geralmente considerados mais flexíveis em termos de layout, rendimento e opções de expansão que outros tipos de sorter. Eles podem ter diferentes tipos de inclinação, declinação, utilizar diferentes quantidades de carros (simples, duplos, quádruplos) e serem facilmente expandidos com pontos de indução e saídas adicionais com o mínimo impacto na operação atual.

Conclusão

Os transportadores podem a partir desta 3 ferramentas que juntas ou separadamente trazem resultados expressivos em ganhos operacionais e sistêmicos, alcançar a excelência operacional que pede reverter em mais clientes e menores custos operacionais.