Como implementar a tecnologia RFID em sua empresa.

improtecsistemas.com.br

10 Passos importantes que podem colaborar decisivamente para o sucesso de seu projeto.

As indústrias e as cadeias de abastecimento de hoje são muito mais eficientes do que há uma década atrás. A automação avançada nos processos produtivos é um dos motivos, o outro é a identificação por radiofrequência (RFID). A tecnologia RFID vem ajudando as indústrias, seus fornecedores e as empresas de logística que os atendem a melhorar a forma como rastreiam seus vários ativos físicos, sejam estoques de matérias primas, produtos acabados, ferramentas e equipamentos. Com a tecnologia de RFID as empresas podem obter informações precisas e atualizadas sobre os locais, quantidades e movimentações de seus produtos, quanto mais precisamente uma empresa tiver a rastreabilidade de seus produtos, mais ela poderá maximizar sua utilização e ter um melhor retorno sobre o capital investido neles.

A maioria dos sistemas RFID trabalham com três pilares:

  • Etiquetas: são compostas por uma antena para transmissão e recepção de sinais e um chip RFID que contém informações sobre o objeto ao qual está afixada;
  • Leitores: são necessários para o funcionamento de qualquer sistema. O leitor é utilizado para consultar e receber as informações contidas na tag (etiquetas);
  • Software de gerenciamento: permite o gerenciamento das informações provenientes da tag de forma que os usuários possam tomar decisões sobre as ações a serem tomadas.

As vantagens da tecnologia RFID em termos de eficiência são inúmeras.
Porém, sua adoção dentro de uma empresa ou operação logística exige uma análise apurada de seus processos e procedimentos para garantir o sucesso do projeto RFID.

Abaixo 10 dicas para a implementação de uma solução RFID em sua empresa:

  1. Crie um comitê para a gestão e organização do projeto;

Organize um comitê para administrar o projeto, eleja um gerente de projeto que tenha familiaridade com sua operação que ira coordenar as atividades dos vários grupos que irão se envolver nas fazes de execução do projeto, quanto mais qualificada a equipe melhor sera o resultado alcançado.

  1. Identifique qual é o seu maior problema;

Vamos partir do pressuposto de que um problema bem definido leva a uma solução bem definida. Para maximizar os benefícios decorrentes da adoção de RFID, é necessário identificar os gargalos e ineficiências nos processos existentes. No entanto, deve ser enfatizado que RFID não ira resolver todos os seus problemas, se a empresa tem problemas de estrutura organizacional ou de procedimentos, a tecnologia de radiofrequência por si só não ira resolvê-los, caberá à própria empresa estar pronta para adotar um programa de mudanças mais abrangente para eliminar esses gargalos entes de implantar esta tecnologia.

  1. Fazer um mapeamento detalhado de sua operação é fundamental.

Mapeamento criterioso  dos processos operacionais é fundamental para obter uma visão  do fluxo e identificar as situações em que a tecnologia RFID deve ser implantada. Quando a análise do processo não é feita com precisão, o uso da tecnologia apesar do comprometimento do tempo e do dinheiro gasto, não resolvera o problema e criara desconfiança quanto a tecnologia e podera frustrar a implantação.

  1. Escolha o hardware apropriada

Para cada projeto RFID, você precisa escolher uma tecnologia específica. Uma das primeiras decisões a fazer é usar uma tag (etiqueta) ativa ou passiva . A tag ativa emite um sinal e a tag passiva não emite sinal. A localização dos materiais em distâncias maiores requer o uso de tags ativas, enquanto para objetos menores que precisam ser localizados em áreas limitadas poderemos usar tags passivas. As etiquetas RFID estão disponíveis em diferentes formas, tamanhos, modelos e aplicações. A escolha dos leitores é igualmente importante, eles podem ser fixos ou móveis e ter diferentes distâncias de leitura dependendo da potência. Outro elemento que afeta o tipo de tecnologia RFID a ser adotada é a área onde sera utilizada. Uma avaliação cuidadosa do lay-out e do local é de  fundamental importância para a seleção dos dispositivos e etiquetas mais adequados.

  1. Eleja um parceiro estratégico

Procure empresas de hardware, software e de integração de RFID para avaliar suas capacidades e seus conhecimentos. Certifique-se de que todas as partes da solução sejam demonstradas. Consulte parceiros que conheçam todas as tecnologias e entendam seus processos de negócios. Um bom parceiro também é aquele que pode ajudar a medir o retorno do investimento e compartilhar seus conhecimentos e experiencias.

  1. Estabeleça metas tangíveis

É essencial definir metas mensuráveis, para garantir que as expectativas sejam atendidas. Essa etapa será essencial para que as ações realizadas na operação possam ser traduzidas nos resultados esperados. Não adianta colocar metas muito ambiciosas, pois o resultado só virá com o tempo, com esforço e disciplina.

  1. Analise os investimentos

Antes de executar uma implementação de RFID, a empresa deve estimar os custos do projeto . O tipo de atividade realizada e o tipo de tecnologia a ser utilizada determinam o valor do investimento necessário. As estimativas de custo serão diferentes entre uma implementação em um ambiente de armazém onde RFID será usado para rastreamento dos estoques e uma implementação em uma loja de varejo onde RFID será usado para rastrear produtos mais valiosos com menores quantidades, em cada caso a empresa aplicara tecnologias e investimentos distintos. Identificar corretamente os custos na fase de pré-realização do projeto é importante porque, além de estimar o desembolso de capital geral para a implementação, fornece uma visão do retorno potencial sobre o investimento (ROI) que pode ser obtido com a adoção de RFID.

  1. Comunicação e capacitação da equipe é crucial

Se uma empresa decidir implementar a tecnologia RFID, deve garantir que todos os funcionários sejam informados sobre as principais características do RFID: o que é, como funciona, suas limitações, etc. Além disso, os funcionarios-chave (Key User) do projeto devem receber treinamento mais abrangente sobre a tecnologia em questão. Quanto mais os funcionários estiverem concientes de como gerenciar e administrar a tecnologia RFID, mais eficiente será o sistema, pois eles poderão intervir adequadamente e colaborar com melhorias nos procedimentos.

  1. Execute um modelo piloto para validar as fases

Na fase de implementação do projeto RFID, a execução de um projeto piloto, ou seja, um projeto de pequena escala para avaliar a análise de custo-benefício e obter feedback sobre as escolhas feitas em relação à tecnologia adotada (leitor, tag, software) deve ser considerada.
Executar um projeto piloto é importante porque permite que o sistema seja modificado antes de implementar completamente a solução.

  1. Expanda a solução para outras áreas

Quando o projeto piloto for bem-sucedido, é possível estender a implementação de RFID para outras áreas. Uma vez concluído o projeto de expansão conforme o planejado, as vantagens e os objetivos traçados deverão ser alcançados.

O projeto de RFID será um sucesso se na definição dos requisitos, seguirmos os passos corretamente listados acima.

 

Conclusão

Se sua empresa não possui expertise em RFID ou experiência nesta tecnologia, é vital para o sucesso do projeto encontrar uma empresa qualificada nesta área, que possa lhe apoiar e direcionar  nas melhores praticas com as melhores tecnologias. A Improtec Sistemas tem um time multidisciplinar que poderá lhe apoiar na implantação do RFID nos consulte.

 

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *