Vantagens da tecnologia RFID na gestão de armazéns

improtecsistemas.com.br

A implementação da tecnologia RFID em um depósito não significa a substituição dos trabalhadores humanos por equipamentos autônomos subindo e descendo e percorrendo corredores, rastreando e movimentando os estoques, embora a robótica tenha um papel crítico a desempenhar para melhorar e agilizar a qualidade dos processos, o fator humano sempre atuara em conjunto com a tecnologia para se atingir uma melhor performance operacional.

O que é RFID?

RFID é uma tecnologia baseada em ondas de rádio usada para monitorar e rastrear materiais. As etiquetas RFID diferem dos códigos de barras convencionais porque os tags(etiquetas) de rastreamento não precisam estar em linha com os leitores de código de barras para retornar os dados.

As etiquetas RFID podem ser ‘ativas’ ou ‘passivas’.

  • A tecnologia ativa tem uma fonte de energia local (como uma bateria embutida) tornando-a capaz de operar a alguns metros de distância de um leitor.

 

  • O RFID passivo por sua vez, depende das emissões de rádio de um dispositivo leitor ou coletor para ativar uma leitura que se dá por aproximação.

Com base em um número de série exclusivo vinculado à etiqueta, os operadores podem acessar o histórico completo dos itens armazenados. As vantagens do RFID estão em como podemos personalizar as informações para associar diferentes conjuntos de dados a um determinado material. Além da localização geográfica, diferentes tipos de etiquetas RFID podem ser usados ​​para armazenar informações operacionais como:

  • O tempo que um item foi mantido armazenado;
  • Número de vezes em que o estoque foi acessado;
  • Status do estoque, como ‘aguardando coleta’, ‘pedido em processamento’ etc;
  • Em quanto tempo o produto irá vencer, qual a sua curva de movimentação etc;

RFID traz eficiência em operações nos armazéns

O RFID requer menos monitoramento do que qualquer outra tecnologia, simplesmente se instala o número necessário de tags (etiquetas) em seu deposito com um bom WMS, e começa a coletar dados. Mas o principal benefício da tecnologia vem da redução do tempo para medir e rastrear os dados de um determinado item de estoque.

A tecnologia RFID não só reduz o ciclo dos pedidos, ele também reduz as horas necessárias para que os operadores concluam as tarefas de controle de estoque, o que significa que a equipe pode ser designada para tarefas de maior valor agregado, como inventários e revisão de processos trazendo maior controle e melhor qualidade nos serviços executados.

RFID reduz drasticamente os erros humanos nas operações do armazém;

O registro automático de dados em tags (etiquetas) de RFID e os dispositivos de leitura (coletores de dados e portais) permitem a capturar as informações e elimina a necessidade de se bipar o material, o que reduz o risco do erro humano o que pode acarretar em retrabalhos e prejuízos. A implantação de uma tecnologia como essa pode impactar significativamente nas práticas de administração do armazém, pesquisas mostram que em empresas que já utilizam o RFID a tecnologia contribuiu para uma taxa mais baixa de erros na armazenagem e movimentação de matérias do que com as tecnologias atuais por código de barras convencional. Isso por sua vez reduz o risco de os clientes receberem mercadorias ou quantidades erradas e elimina o tempo necessário com retrabalhos se traduzindo em lucro operacional.

 

RFID permite uma visão em tempo real baseada em dados

Rastrear informações de produtos em tempo real é uma perspectiva atraente em qualquer atividade, especialmente na tomada de decisão inspirada em informações digitais.

Histórico detalhado sobre os seus estoques podem ajudar os gestores nas tomadas de decisões quanto a variabilidade de seus produtos e as incertezas decorrentes do mercado, reduzindo os estoques com capital imobilizado, ou antecipando demandas futuras, trazendo uma gestão enxuta alinhada ao mercado aos investidores.

5 áreas do armazém com maior eficiência usando RFID

 

  1. Entrada de mercadorias: um depósito pode receber e armazenar mercadorias de dezenas de fornecedores simultaneamente, o que torna o recebimento de mercadorias e o armazenamento inicial uma tarefa chave no processo, usando etiquetas RFID os operadores podem atribuir um número de série exclusivo para um grupo de itens por exemplo itens de curva “A”, garantindo assim que sejam priorizados nas movimentações gerais no armazém, agilizando a armazenagem com a disponibilização dos produtos para venda com maior rapidez.
  2. Controle dos estoques: ter uma ideia de onde o estoque está localizado em um depósito e quanto de um determinado produto se tem disponível, ajuda os gerentes a otimizar seu espaço. Isso pode envolver a reorganização dos produtos no armazenamento para acomodar o novo estoque ou a coordenação de certas zonas por cliente. Qualquer que seja o método de controle de estoque que funcione para o seu deposito, a tecnologia RFID vai aprimorar e alavancar os resultados e a rastreabilidade dos materiais.
  3. Separação dos pedidos: objetivo de qualquer empresa de armazenamento é garantir que os clientes tenham todas as informações necessárias sobre a disponibilidade do produto e prazos de entrega no momento da compra, o RFID significa incorporar o histórico de um produto, permitindo-lhes rastrear os tempos médios dos pedidos os prazos de entrega e os períodos de sazonalidade antecipando demandas ou reposição dos estoques.
  4. Inventários rotativos: controle sobre todos os seus materiais e o objetivo de qualquer gestor para isso a tecnologia RFID se encaixa perfeitamente, proporcionando uma agilidade sem precedentes com uma maior rapidez e assertividade, trazendo assim um controle e rastreabilidade de todos os itens do armazém com um menor ciclo de contagens.
  5. Expedição: Embarcar os produtos com a certeza que não irão para o cliente ou lugar errado e uma das maiores preocupação dos gestores de um armazém, para isso a tecnologia RFID colabora com a assertividade de leitura de grandes lotes de produtos nos embarques com a utilização de portais fazendo a triagem antes do embarque nos veículos, agregando assim qualidade a agilidade aos serviços.

Conclusão

A implementação da tecnologia RFID atrelada a uma boa ferramenta de WMS pode reduzir drasticamente os erros operacionais com aumento de produtividade o que se traduz em uma excelência operacional com expressivos ganhos de capital.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *